Ultimamente temos visto inúmeros casos que deveriam nos revoltar, mas infelizmente parece perdemos o senso crítico e os aceitamos sem reclamar.

Abaixo seguem alguns:

-Senador suspeito de envolvimento de desvio de salários de subordinados de seu gabinete, há mais de um ano, através de diversas, inclusive escondendo a principal testemunha em Atibaia, evita que o seu caso seja julgado;

-Criminoso com extensa ficha criminal, com duas condenações em segunda instância foi liberado seguindo os trâmites das leis vigentes;

-Senador suspeito de envolvimento de desvio de recursos na compra de itens para combate à pandemia foi pego com dinheiro na cueca não perde foro parlamentar e o seu suplente, que é seu filho, está sendo investigado em outra maracutaia;

– Presidente em discurso na reunião de abertura da ONU afirmou que as queimadas, no Pantanal e na Amazônia, são feitas por índios e caboclos;

– Deputada acusada de ser cúmplice no assassinato do marido não perde foro por falta de decoro parlamentar;

-Presidente emite decreto para privatizar o SUS(!!!) e o torna sem efeito menos de 24 horas depois.

Os custos financeiros, de imagem e de moral envolvidos nestes e outros casos são absurdos e nada indica que haverá uma mudança pois os nossos servidores públicos perderam a noção de brio e a população não sabe como reagir.

 

 

Compartilhe