foto embaixo

Era uma  greve dos motoristas de taxi e com o Sindicato liderando, o movimento ia ficando mais violento.

Quando ele foi sair para trabalhar, ligou o rádio e ficou a par da situação. Resolveu passar o dia em casa.

Só que apareceu uma moça, implorando para que ele a levasse ao trabalho. Ele negou, explicando que havia muitos piquetes e ele tinha medo de que destruíssem seu carro.Aí a moça disse: “ Não tem importância, eu vou sentada no banco da frente e  se nos  pararem a gente diz que é casado!”

Ele achou a ideia muito boa . Saíram pela rua, viraram à esquerda e pá!  piquete  à frente!

Foram parados e um grevista muito irritado, encostando na janela, disse:” Você está conduzindo uma passageira ! Você não aderiu à greve? Não sabe que estamos parados?”

“Sei, sim, senhor. Mas essa moça é minha mulher, que eu estou levando para o trabalho.”

“Ah é, sua mulher? Então beija ela… na boca!”

Compartilhe